Última hora

Última hora

A moda masculina e andrógina em Londres

Em leitura:

A moda masculina e andrógina em Londres

Tamanho do texto Aa Aa

O estilista da Irlanda do Norte J.W Anderson é um dos nomes em voga no universo do prêt-a-porté masculino. Andersen apresentou a nova coleção durante a semana da Moda de Londres. As propostas incluem vestuário justo com um toque andrógino, muitos detalhes e acessórios.

Richard James inspira-se na estética dandy da era eduardiana.

“Temos Paris, Milão e Nova Iorque mas em Londres surgiram imensas tendências. Londres não é só sinónimo de pessoas como eu que já trabalham há muito tempo.Temos o bairro de Shoreditch onde se fazem coisas maravilhosas e isso não se vê noutros sítios, aqui incorporamos um pouco de tudo”, afirmou o estilista britânico.

A marca Richard James foi fundado em 1992 com a ambição de propor uma interpretação contemporânea dos fatos tradicionais desenhados por alfaiates.

A coleção outono-inverno da marca Alexander McQueen escureceu as passarelas londrinas.

A diretora artística da marca britânica, Sarah Burton e o estilista responsável pelo vestuário masculino, Harley Hughes, optaram por um lado gráfico e uma estética pós-punk.