Última hora

Última hora

EUA continuam a ser fustigados pelo frio polar

Em leitura:

EUA continuam a ser fustigados pelo frio polar

Tamanho do texto Aa Aa

O vórtice polar que atingiu o leste dos Estados Unidos na terça-feira fez cair por terra recordes de temperaturas baixas registados há décadas.

Milhares de voos foram cancelados, os preços da eletricidade aumentaram e os refúgios para os sem-abrigo ficaram superlotados.

Um recorde de frio centenário foi batido em Nova Iorque, no Central Park, com -15,5ºC, ultrapassando em cerca de um grau o recorde de 14,4ºC negativos registado há 118 anos, a 7 de janeiro de 1896.

“Nem se pode andar. Não se pode dormir, não se pode fazer nada. Estamos prontos para o verão. Verão estamos à tua espera”, disse um operário da construção.

Uma vaga de frio histórica atinge desde há alguns dias uma grande parte dos Estados Unidos, do Minnesota, no norte, à Geórgia, no sudeste.

Em Atlanta, normalmente com um clima ameno, a temperatura baixou até aos 14° negativos, a mais baixa desde há 44 anos.

A agência que gere a rede elétrica que abastece as regiões mais afetadas está com dificuldades em satisfazer a procura, uma vez que devido ao frio algumas centrais elétricas deixaram de funcionar.