Última hora

Última hora

L' Aquila, corrupção e burocracia

Em leitura:

L' Aquila, corrupção e burocracia

Tamanho do texto Aa Aa

Em Itália, oito pessoas estão sob investigação, incluindo quatro em prisão domiciliária. Todas suspeitas de corrupção.

O caso está ligado ao trabalho de reconstrução da cidade medieval d’Aquila, parcialmente destruída por um terremoto em 2009.

Entre as pessoas implicadas estão o vice-presidente da câmara Roberto Riga e o chefe da divisão municipal para a reconstrução dos bens culturais Vladimiro Placidi.

O responsável pela investigação explica:
“Era um sistema bem organizado no terreno que movia cerca de meio milhão de euros de subornos em dinheiro. A nossa investigação mostrou o fluxo de caixa”.

Os suspeitos terão recebido meio milhão de euros para conceder obras a certos empreiteiros e falsificaram documentos para se apropriarem de mais de milhão e 200 mil euros de fundos públicos.

A reconstrução de L’Aquila totaliza mais de 7 mil milhões de euros mas as obras estão praticamente estagnadas devido a problemas burocráticos.