Última hora

Última hora

Inferno chega ao Dakar

Em leitura:

Inferno chega ao Dakar

Tamanho do texto Aa Aa

A quinta etapa do rali Dakar prometia ser um inferno. As previsões não andaram longe da realidade.

Num percurso que foi encurtado em mais de 300 quilómetros, Marc Coma assumiu a liderança nas motos e deixou para trás o até agora líder, Joan Barreda.

Tanto Barreda como o francês Cyril Desprès e o chileno Chaleco López perderam tempo precioso. O português Paulo Gonçalves sofreu um acidente e teve de abandonar.

Coma tem agora um avanço de mais de 40 minutos sobre Barreda, que é segundo na geral.

O domínio espanhol desta edição do Dakar confirma-se. Nos automóveis, Nani Roma roubou a liderança a Carlos Sainz, que caiu para o sexto lugar depois de um dia infeliz.

Nasser Al-Attiyah, do Qatar, é agora segundo na geral, ao terminar a etapa em quinto. Apesar de alguns percalços nesta etapa, entre Chilecito e Tucuman, Al-Attiyah saiu-se melhor que os outros favoritos, Sainz e Peterhansel.