Última hora

Última hora

Parlamento Europeu dá primeiro passo para ouvir Edward Snowden

Em leitura:

Parlamento Europeu dá primeiro passo para ouvir Edward Snowden

Tamanho do texto Aa Aa

Uma audição a Edward Snowden, ex-consultor dos serviços secretos norte-americanos, foi aprovada pela Comissão das Liberdades Civis do Parlamento Europeu, esta quinta-feira.

Mas a decisão final será tomada em sessão plenária dos eurodeputados.

Os conservadores britânicos estão contra porque, diz Timothy Kirkhope, “é um homem que tem na sua posse informação obtida ilicitamente, algo que não deve deixar ninguém satisfeito no Parlamento Europeu. Argumentei que não lhe devemos dar um palco para apresentar os seus pontos de vista”.

O ex-espião, refugiado na Rússia, revelou escutas ilegais levadas a cabo pela Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos, incluindo a líderes como a chanceler alemã.

Por isso, o eurodeputado dos verdes Jan Philipp Albrecht considera, que “na União Europeia temos responsabilidades para com este denunciante, que não deveria estar nas mãos de um ditador como o Presidente Putin. Não devemos renunciar à informação que podemos obter dele”.

Mesmo que o plenário do Parlamento Europeu aprove a audição, que deverá ocorrer por videoconferência, ainda não é claro que Edward Snowden esteja disponível para prestar declarações.