Última hora

Última hora

Tunísia: Primeiro-ministro demite-se no quadro da transição política

Em leitura:

Tunísia: Primeiro-ministro demite-se no quadro da transição política

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro da Tunísia apresentou a demissão para dar lugar a um governo tecnocrata provisório.

Ali Larayedh entrega as rédeas do poder na sequência de um acordo com a classe política e sob os auspícios da sociedade civil para debelar a longa crise do país.

A partir de agora vai ser o atual ministro da Indústria Mehdi Jomaâ, que se autointitula independente, a liderar o governo do país, que estava sob controlo político da formação islâmica Enada.

Mas mesmo com um roteiro político no bom caminho, o desconforto de alguns tunisinos é espelhado com manifestações diárias.

Esta quinta-feira de manhã, a cidade de Tataouine foi palco de violentos protestos, como tem acontecido nas regiões de Kasserine e Thala.

Registaram-se confrontos com as forças da ordem.

A fúria popular prende-se com a austeridade para uma população já de si pobre, prevista no orçamento de Estado para 2014.

Para colocar água na fervura, o primeiro-ministro anunciou a revogação de um imposto sobre os veículos de transporte.