Última hora

Última hora

Dia trágico no Dakar

Em leitura:

Dia trágico no Dakar

Tamanho do texto Aa Aa

O Dakar está de luto. Pela primeira vez na edição deste ano, morreu um piloto. Trata-se do belga Eric Palante, que corria nas motos, pela Honda.

A morte aconteceu na quinta etapa, quinta-feira, mas o corpo sem vida só foi encontrado esta sexta de manhã.

Palante esperava vencer na categoria de motos sem assistência. Noutro acidente, morreram também dois jornalistas argentinos.

A sexta etapa, entre Tucumán e Salta, na Argentina, teve como vencedor, nas motos, o francês Alain Duclos, seguido pelo líder da geral, o espanhol Marc Coma. Coma conttinua na frente e tem uma vantagem de 42 minutos sobre o compatriota Joan Barreda.

Nos carros, Stéphane Peterhansel redimiu-se do fraco desempenho nas últimas etapas. O francês venceu a etapa, com pouco menos de três minutos de vantagem sobre Nasser al-Attiyah, do Qatar.

Na geral, Peterhansel é terceiro. Nani Roma comanda a classificação, à frente do argentino Orlando Terranova.