Última hora

Última hora

EUA: Mercado do trabalho enfraquece

Em leitura:

EUA: Mercado do trabalho enfraquece

Tamanho do texto Aa Aa

Os Estados Unidos terminam o ano com o desemprego mais baixo desde 2008, mas a queda da taxa reflete acima de tudo o número de pessoas que abandonou o mercado do trabalho.

Em dezembro, a economia norte-americana criou o menor número de empregos desde janeiro de 2011 e a taxa de população ativa regressou a mínimos de 35 anos.

O Departamento do Trabalho reviu em alta os números de empregos criados de novembro para 241 mil. Mas em dezembro foram criados apenas setenta e quatro mil novos empregos, ou seja, menos de metade do esperado pelos analistas.

A taxa está nos 6,7%, depois de ter recuado seis décimas desde outubro.

O certo é que os dados complicam o cenário económico da Reserva Federal (FED), que em dezembro decidiu começar a reduzir o programa de estímulos em dez mil milhões de dólares por mês, face aos números positivos do consumo, comércio e produção industrial.

A FED, a partir de fevereiro liderada por Janet Yellen, poderá descartar novos cortes na reunião de janeiro, tal como evocavam vários analistas antes da publicação dos dados.

Ben Bernenke tinha afirmado que manteria as taxas de juro baixas até o desemprego atingir os 6,5%.