Última hora

Última hora

Manifestações e violência regressam ao Egito

Em leitura:

Manifestações e violência regressam ao Egito

Tamanho do texto Aa Aa

Partidários da Irmandade Muçulmana entraram em confrontos com a polícia em Alexandria desafiando uma repressão estatal cada vez maior sobre o movimento que governou o país até há seis meses.

Os manifestantes gritavam palavras de ordem contra Abdal Fattah el- Sisi , o chefe do exército egípcio , e apelaram ao boicote do referendo constitucional, o que eles descreveram como o “referendo de sangue ‘ .

Autoridades egípcias têm reprimido com firmeza a Irmandade desde que os militares depuseram o presidente islâmico Mohamed Mursi em julho após protestos em massa contra o seu governo.

O governo acusa a Irmandade de incitar à violência e declarou que um grupo terrorista em 25 de dezembro.