Última hora

Última hora

Derrame de químico na Virginia Ocidental afeta 300.000 pessoas

Em leitura:

Derrame de químico na Virginia Ocidental afeta 300.000 pessoas

Tamanho do texto Aa Aa

Os serviços de emergência estão a distribuir água nas áreas do Estado norte-americano da Virginia Ocidental, afetadas pelo derrame de um produto químico no rio Elk.

Aconselhados a não usar água canalizada, os residentes esgotaram as reservas nos supermercados.

Uma habitante da capital do Estado, Charleston, diz que tem “um bebé e precisa de água para preparar o seu leite, para garantir que ele tem o que precisa”.

O derrame está a afetar 300 mil pessoas.

Segundo as autoridades, o contacto com o químico pode provocar queimaduras na garganta, irritações na pele e olhos e problemas respiratórios. Dez pessoas foram hospitalizadas.

Outro residente de Charleston explica que a filha de 13 anos telefonou-lhe “a dizer que ía tomar banho, independentemente da situação” e ele disse-lhe “para não o fazer, porque quando abriu a torneira em casa, tinha um cheiro estranho”.

O governador da Virginia Ocidental declarou o estado de emergência em nove condados e disse numa entrevista que poderão ter sido vertidos perto de 19 mil litros do químico, proveniente da fábrica de tratamento de carvão Freedom Industries. A empresa garante já ter contido a fuga.