Última hora

Última hora

Milhares de pessoas no último adeus a Ariel Sharon

Em leitura:

Milhares de pessoas no último adeus a Ariel Sharon

Tamanho do texto Aa Aa

A Knesset, o parlamento de Israel é o local de todas as homenagens a Ariel Sharon antes do funeral do ex-primeiro-ministro.

O presidente israelita Shimon Peres depositou uma coroa de flores junto ao caixão, pouco antes da chegada do público.

Um momento emocionado já que Peres e Sharon tinham uma estreita amizade apesar de algumas diferenças políticas.

Milhares de pessoas passaram pelo parlamento para dar o último adeus ao político e militar israelita que morreu este sábado, após oito anos em coma. Um cidadão que esteve na Knesset, ouvido pelos enviados especiais da euronews a Israel, lembrava Sharon como uma figura controversa”, mas defende também que “alguém que tem de tomar decisões e efectivamente faz alguma coisa, vai sempre ser controverso. E ele foi um homem que teve um papel central na história de Israel e, de um ponto de vista objetivo, foi um herói.”

Um outro israelita afirmava que “algumas pessoas que não gostam de Sharon porque acreditam que os seus ideais foram traídos. Ele dizia: “de onde estou vejo coisas que não via de onde estava”. E essa era a realidade. Pessoalmente, defendo que a retirada de Gaza foi uma decisão correta, necessária. Acho que os israelitas devem muito a Sharon e o respeitam.”

O primeiro-ministro Binymain Netanyah e toda uma comitiva governamental também marcaram presença no velório.

Os membros do executivo fizeram um minuto de silêncio para homenagear o antigo chefe de governo.

Esta segunda-feira, durante a manhã, deve decorrer uma cerimónia militar. O corpo de Ariel Sharon deve depois ser levado para a propriedade de família no deserto Negev, no sul de Israel, onde vai ser sepultado ao lado da mulher Lily.