Última hora

Última hora

Turquia: debate sobre reforma judicial acaba em violência

Em leitura:

Turquia: debate sobre reforma judicial acaba em violência

Tamanho do texto Aa Aa

Na Turquia a violência marcou o segundo dia de debate de uma controversa lei de reforma judicial.

Os deputados debatiam uma reforma do sistema judicial de forma a que o governo obtenha maior controlo sobre a nomeação dos juízes.

O projeto-lei apresentado pelo partido no poder, partido AK, aumentou as tensões entre governo e oposição

Segundo testemunhas, a violência ocorreu quando um representante de um sindicato judicial circulou uma petição argumentando que o projeto-lei era inconstitucional uma vez que colocava em causa o princípio da separação de poderes.

O ministro da justiça, presente no debate, acabaria por dar um passo atrás afirmando que o partido AK poderá recuar e abandonar o projeto-lei se conseguir alcançar um acordo com a oposição.

Ainda no sábado, dezenas de milhar de pessoas manifestaram-se em Ankara denunciando a corrupção no seio do governo.

Há três semanas que a Turquia foi abalada por um escândalo de corrupção cujas ramificações já levaram à demissão de três ministros assim como a cerca de duas dezenas de detenções entre figuras próximas do poder.