Última hora

Última hora

Irão: Acordo sobre o nuclear entra em vigor a 20 de janeiro, dinheiro começa a chegar em fevereiro

Em leitura:

Irão: Acordo sobre o nuclear entra em vigor a 20 de janeiro, dinheiro começa a chegar em fevereiro

Tamanho do texto Aa Aa

O acordo temporário sobre o nuclear iraniano entra em vigor dentro de uma semana, a 20 de janeiro, anunciaram este domingo as partes envolvidas. No início de fevereiro, Teerão recebe a primeira parcela dos 4,2 mil milhões de dólares de rendimentos do seu petróleo que serão desbloqueados ao longo dos próximos seis meses enquanto é negociada com as principais potências mundiais uma solução definitiva para a questão nuclear.

O número dois da diplomacia iraniana, Abbas Araqchi, recordou que Teerão pode “a qualquer momento deixar de cumprir os seus compromissos” se vir que “a outra parte não está a cumprir os seus”, acrescentando: “Não confiamos neles”, leia-se os ocidentais, dando assim voz à desconfiança endémica entre as partes que tentam chegar a acordo.

Ninguém tem “ilusões” sobre as “dificuldades” que estão pela frente. De passagem por Paris, John Kerry reiterou as preocupações do presidente Obama, recordando que “as negociações serão muito difíceis mas são a melhor hipótese para resolver uma questão crucial de segurança nacional” para os Estados Unidos. Para Washington é fundamental garantir que o programa nuclear iraniano é “um programa pacífico”.

No quadro do acordo provisório com o chamado grupo 5+1 (Estados Unidos, Rússia, China, Reino Unido, França e Alemanha), Teerão compromete-se nomeadamente a parar de enriquecer urânio a mais de 5% e a diluir ou inutilizar aquele que possui com uma concentração de 20% para além de ter de parar com a construção do reator nuclear para a central de Arak.