Última hora

Última hora

Itália marca segundo aniversário da tragédia do Costa Concórdia

Em leitura:

Itália marca segundo aniversário da tragédia do Costa Concórdia

Tamanho do texto Aa Aa

Recordar as vítimas do Costa Concordia no segundo aniversário da tragédia. Autoridades, familiares das vítimas e habitantes da ilha italiana de Giglio, onde se deu o naufrágio, realizaram várias homenagens às 32 vítimas mortais: desde a entrega de flores até cerimónias religiosas ou mesmo um minuto de silêncio no tribunal onde o comandante do navio está a ser julgado.

“Eu era membro da tripulação e perdi cinco companheiros. É por isso que estou aqui, para honrar a aqueles que perderam a vida”, diz Adriano Procopio.

O comandante Francesco Schetino é acusado de homicídio por negligência, de provocar um naufrágio e abandonar o navio antes da evacuação estar completa. Schetino afirma estar inocente.

Os residentes da ilha vão finalmente ver-se livres do monstro de 115 toneladas de metal. O reboque vai ser iniciado em junho, o mais tardar, para depois ser desmantelado.