Última hora

Última hora

EUA: Alvo de megafraude, "Target" pede desculpa aos clientes mas fica na mira das autoridades

Em leitura:

EUA: Alvo de megafraude, "Target" pede desculpa aos clientes mas fica na mira das autoridades

Tamanho do texto Aa Aa

‘Pedir desculpa’ é, para já, a expressão do ano nos Estados Unidos. A “Target” foi alvo de uma megafraude e vem agora pedir desculpa aos pelo menos 70 milhões de clientes que viram os seus dados violados.

As duas câmaras do Congresso dos Estados Unidos querem que a empresa seja alvo de um inquérito para esclarecer as condições em que ocorreu um dos maiores roubos de dados pessoais e de cartões de crédito e débito da história do comércio a retalho.

Nas desculpas que apresentou esta segunda-feira aos clientes, o presidente da “Target”, Gregg Steinhafel, reconheceu que ainda não sabe exatamente “a extensão” dos danos, mas que o “software malicioso que foi instalado nos terminais de pagamento” já foi “retirado”, garantindo que é seguro comprar.

A falha de segurança ocorreu entre 27 de novembro e 15 de dezembro, em plena época de compras de Natal. O valor do furto continua por determinar.