Última hora

Última hora

Egito: Referendo entra no último dia com balanço de 10 mortos

Em leitura:

Egito: Referendo entra no último dia com balanço de 10 mortos

Tamanho do texto Aa Aa

O referendo sobre a Constituição do Egito entra esta quarta-feira no segundo e último dia de votação. As filas à boca das urnas foram uma constante durante o primeiro dia, em particular, nas principais cidades egípcias como o Cairo.

O referendo marca a primeira ida às urnas dos egípcios desde que o presidente muçulmano Mohamed Morsi foi deposto em julho. É uma votação que pode também assumir-se como uma eventual demonstração de apoio ao regime militar de transição, liderado pelo general Abdel Fattah Al Sisi, cuja popularidade tem vindo a crescer a ponto de ser já desejado como candidato presidencial, nas eleições deste ano.

O primeiro dia do referendo ficou, entretanto, também manchado por confrontos entre a polícia e apoiantes da Irmandade Muçulmana, de Mohamed Morsi. Um vídeo amador registado através de telemóvel chegou-nos à euronews, mostrando muita confusão, fogo e o que parecem ser pessoas feridas.

De acordo com os balanços não oficiais revelados, pelo menos 10 pessoas terão morrido no Egito, em resultado destes confrontos. Nenhum, contudo, por causa da pequena bomba artesanal detonada logo pela manhã na escadaria exterior do tribunal de Imbaba, no distrito de Giza, que provocou apenas estragos materiais.