Última hora

Última hora

Nova vaga de atentados mata mais de meia centena de pessoas no Iraque

Em leitura:

Nova vaga de atentados mata mais de meia centena de pessoas no Iraque

Tamanho do texto Aa Aa

Dia mortífero, no Iraque, onde mais de meia centena de pessoas já perdeu a vida, esta quarta-feira, resultado de uma nova vaga de atentados em diferentes zonas do país.

Só na capital, sete carros armadilhados explodiram a poucos minutos de intervalo, em diferentes bairros de maioria xiita ou mistos, xiitas e sunitas, provocando mais de 24 mortos e cerca de 70 feridos.

Mais a Leste, em Baquba, uma bomba explodiu durante o funeral de um miliciano muçulmano sunita anti-Al-Qaeda, falecido dois dias antes. Pelo menos 18 pessoas perderam a vida.

Kirkuk não ficou isenta de violência. Entre terça e quarta-feira, a cidade maioritariamente curda, foi sacudida por várias explosões.

A população sente-se desamparada, como se depreende das palavras deste habitante: “Não há polícia, não há forças de segurança curdas, não há governo. Não há nada. O terrorista chegou nas calmas e deixou aqui o carro. Há pouco, duas pessoas foram mortas a tiro. Há dias, foi uma bomba que explodiu. E ontem, deixaram aqui este carro em frente à minha loja. Este é o meu bairro. A minha casa é aqui!”

Os atentados, que não foram reivindicados, não param de aumentar em violência. Segunda-feira morreram 19 pessoas, na terça, foram 26 e esta quarta-feira, mais de meia centena.