Última hora

Última hora

"Tem sexo, tem poder... Adoramos": Imprensa vibra com o 'affaire' Hollande

Em leitura:

"Tem sexo, tem poder... Adoramos": Imprensa vibra com o 'affaire' Hollande

Tamanho do texto Aa Aa

A viragem à direita do presidente francês foi comentada pela classe política e pelos parceiros sociais, já a maioria da imprensa prefere falar das alegadas escapadelas amorosas de François Hollande ao volante duma motorizada pelas ruas de Paris. ‘Facadinhas’ conjugais que terão levado à hospitalização da concubina, que continua internada.

“É um pouco chocante, mas ao mesmo tempo adoramos”, afiança David Chazan, do britânico The Times, “É um bom escândalo. Tem sexo, tem poder, tem papparazi. Adoramos isso”.

Já para o sueco Magnus Falkehed, do Dagens Nyheter, o “verdadeiro problema” de Hollande “é que quis ter ao seu lado uma primeira-dama à ‘moda antiga’, no início do mandato” e que era nessa altura que “devia ter alterado as coisas”.

Pragmático, Leo Klimm, do alemão Capital, considerou que “se o Presidente da República aparece em público com uma mulher, está a dizer ao povo ‘aqui está a minha companheira’. É assim que ela é vista. Portanto, há um dever de verdade nesta questão e o assunto não é completamente privado”.