Última hora

Última hora

Emiratos apelam a levantar as sanções ao Irão para impulsionar a economia

Em leitura:

Emiratos apelam a levantar as sanções ao Irão para impulsionar a economia

Tamanho do texto Aa Aa

Os Emiratos Árabes Unidos afirmam estar em bom ciclo no mercado e longe da ameaça de uma bolha imobiliária e apelam ao investimento estrangeiro.

A euronews acompanhou no Dubai a conferência de imprensa de abertura da reunião anual sobre investimento. Em declarações ao nosso correspondente no Médio Oriente, o subsecretário de Estado do Comércio dos Emiratos Árabes Unidos, Abdulla Al Saleh, frisou que os Emiratos são “um dos mercados mais atrativos para o investimento estrangeiro”, acrescentando que o país é considerado um dos 10 que em 2014 e 2015 atrairá mais investimento. A propósito dos receios da bolha imobiliária no país, o responsável considerou que a questão não se põe e quem se deixe mover por tais receios “está a perder uma oportunidade para investir.”

Levantar as sanções impostas ao Irão impulsionaria a economia, segundo o governo dos Emiratos Árabes Unidos. Abdulla Al Saleh, salientou que a decisão de levantar as sanções económicas aplicadas ao Irão reforçaria tanto a economia dos países da região como a economia mundial. Lembrando que “O Irão era tradicionalmente um dos maiores parceiros comerciais dos Emiratos Árabes Unidos”, sublinhou que “qualquer perspetiva de estabilidade para a região, no Irão como em qualquer outro país, ajudará não apenas a economia dos Emiratos, como a economia mundial”, pois “A estabilidade trará crescimento para a região e para o mundo.”
Assim, uma nova era parece abrir-se entre o Irão e os Emiratos Árabes Unidos, um pouco como se as relações históricas de vizinhança e de interdependência social e económica, não tivessem nunca sido suspensas, apesar das sanções internacionais.