Última hora

Última hora

Nave Rosetta vai juntar-se a um cometa

Em leitura:

Nave Rosetta vai juntar-se a um cometa

Tamanho do texto Aa Aa

Há dez anos, foi o lançamento de uma ambiciosa missão da ESA, a Agência Espacial Europeia. A nave Rosetta partiu para um encontro e pousar num cometa distante, chamado “67P/Churyumov-Gerasimenko”.

A Rosetta está agora a 800 milhões de quilómetros de distância. E porque não há luz solar suficiente para lhe garantir todas as funcionalidades, está em hibernação temporária, desde 2011.

Mas a 20 de Janeiro, um relógio de alarme interno vai acordar a Rosetta.

O Centro de Operações da ESA, o ESOC, na Alemanha, vai estar de ouvido atento, para qualquer sinal de fraqueza, da Rosetta. Um sinal que levará 45 minutos a chegar à Terra.

Andrea Accomazzo diz que esse hiato é o grande desafio:

“Temos um intervalo de tempo muito pequeno, para pegar este sinal e comandar a nave espacial, na sua próxima configuração, e este é nosso desafio, para a saída da hibernação”.

Assim que a Rosetta sair da hibernação, os seus instrumentos de bordo também vão acordar.

Paolo Ferri, chefe de operações do ESOC explica como tudo se passará depois:

“Depois de algumas semanas, estaremos a uma distância que permite que um dos mais poderosos telescópios que temos a bordo detete o cometa. Essa deteção é muito importante, porque permitirá dirigir as nossas manobras para a direção certa”.

A nave espacial iniciará as manobras em Maio, para se encontrar com o cometa, em Agosto.

A Rosetta será a primeira nave espacial a ver como um cometa muda, à medida que se aproxima do Sol.

Irá, então, orbitar o cometa, mapeando a sua susperfície e estudando a sua actividade.

Em Novembro, a Rosetta alcançará outro feito histórico. Vai pousar sobre a superfície do cometa, o que acontecerá pela primeira vez.

Conta para isso com o Philae, um dispositivo que comandará a descida, em direção ao cometa. Fará também a primeira análise da composição de um cometa, ajudando os cientistas a entender a origem e evolução do sistema Solar.