Última hora

Última hora

Conhecidos os candidatos aos Óscares

Em leitura:

Conhecidos os candidatos aos Óscares

Tamanho do texto Aa Aa

As nomeações para os óscares da Academia foram anunciadas, em Beverly Hills, na Califórnia.

Como esperado, a “Golpada Americana” destacou-se, com 10 nomeações, incluindo melhor filme, melhor ator e atriz principais e melhore ator e atriz secundárias.

O filme de David O. Russell ganhou recentemente 3 globos de ouro.

“Gravidade” também recebeu 10 indicações, incluindo melhor filme e melhor realizador, para Alfonso Cuarón, já vencedor de um globo de ouro deste ano. Sandra Bullock é indicada também para melhor atriz.

O terceiro grande favorito é “12 anos escravo”, com nove nomeações.

Um drama do realizador britanico, Steve McQueen, que recupera o flagelo da escravatura, no período anterior à guerra civil americana.

Pode receber o Óscar para o melhor ator, e ainda para os melhores ator e atriz secundários.

Uma das poucas surpresas foi a inclusão do filme “Nebraska”, de Alexander Payne, apesar do sucesso na Europa.

“Nebraska” pode valer seis prémios, incluindo o de melhor ator.

Na categoria de ação, para além da omissão do consagrado Tom Hanks pela interpretação do “Capitão Phillips”, o filme de Paul Greengrass recebeu seis nomeações. Entre elas, a de melhor atriz secundária.

Seis nomeações também para “Dallas Buyers Club”, um drama que relata as aventuras de uma luta, contra a sida.

“O Lobo de Wall Street”, de Martin Scorsese, aparece com seis nomeações, incluindo o de melhor ator. Leonardo di Caprio, habituado a outros prémios, pode ser o vencedor. Se ganhar o Óscar será uma estreia absoluta.

Jeanne Wolf diz que a inclusão deste filme foi uma surpresa:

“Acho que uma das maiores surpresas foi a escolha de “O Lobo de Wall Street.” Toda a gente tinha feito um grande compromisso, para que o Óscar não fosse de sexo, drogas e rock and roll. Três horas de deboche. E a Academia chegou aqui com Leonardo, com Jonah Hill, Martin Scorsese, como o melhor filme”.

As nomeações para os melhores filmes de ação favorecem alguns atores, com longas carreiras.

São os casos de Judi Dench, com 79 anos, pelo seu papel como Philomena, uma mãe irlandesa, olhando para o filho de quem foi obrigada a abdicar.

Nesta corrida, ela vai competir com Cate Blanchett e com a favorita de Hollywood, Meryl Streep, candidata a um Óscar pela décima oitava vez.

Candidato ainda a melhor filme e melhor argumento está a obra que conta a improvável paixão de um escritor, pela voz feminina do seu computador.

Tem ainda mais quatro nomeações.

Robert Redford está entre os derrotados. O filme “Tudo está perdido” passou ao lado das preferências do júri.