Última hora

Última hora

Síria: Rússia "convida" Irão enquanto EUA apelam à oposição

Em leitura:

Síria: Rússia "convida" Irão enquanto EUA apelam à oposição

Tamanho do texto Aa Aa

A menos de uma semana de uma nova conferência de paz sobre a Síria, Rússia e Estados Unidos tentam trazer os diferentes intervenientes para a mesa das discussões.

O presidente russo recebeu em Moscovo os chefes da diplomacia iraniana e síria. O Kremlin quer que Teerão, aliado de Damasco, participe na conferência intitulada “Genebra II”. Mas para Washington, o Irão deve aceitar a transição política na Síria, se quer participar no diálogo.

O secretário de Estado norte-americano concentrou-se, por seu lado, em lançar um apelo à vinda das diferentes fações da oposição síria, que deverão decidir esta sexta-feira se marcarão presença. Para John Kerry, a conferência “constitui a melhor oportunidade para conseguir os objetivos do povo e da revolução síria, bem como uma solução política para este terrível conflito, que reclamou demasiadas vidas”.

Enquanto prosseguem os esforços diplomáticos, dos arredores da capital síria, Damasco, chegaram esta quinta-feira imagens impressionantes de um helicóptero militar supostamente abatido pelo Exército Livre Sírio e que ilustram que a paz está ainda longe da realidade.