Última hora

Última hora

PM da Turquia visita instituições da UE em clima de tensão

Em leitura:

PM da Turquia visita instituições da UE em clima de tensão

PM da Turquia visita instituições da UE em clima de tensão
Tamanho do texto Aa Aa

Cinco anos depois da última visita, o primeiro-ministro da Turquia regressa a Bruxelas, esta terça-feira, para discutir a candidatura do país à União Europeia (UE), mas num tom mais sombrio do que o desejado por Recep Tayyip Erdogan.

A UE tem criticado a forma como Erdogan gere o escândalo anticorrupção que eclodiu há um mês, levando à detenção de dezenas de pessoas próximas do governo.

O analista do Centro de Estudos de Política Europeia, Steven Blockmans, refere que “é bastante irónico que o primeiro-ministro, o seu governo e o seu partido, que se gabavam nos últimos anos de serem cruzados anticorrupção, estejam agora a tentar proteger as pessoas sob investigação”.

Depois de reformas há alguns anos que tornaram o sistema judicial mais independente, como exigido pela UE, o regime está agora a apertar o controle sobre o Conselho Superior da Magistratura e fez purgas na polícia devido a uma alegada conspiração para derrubar Erdogan.

“A UE vai aproveitar a oportunidade para insistir na questão da Turquia respeitar os compromissos assumidos durante as negociações de adesão. O país corre, potencialmente, o risco de perder o estatuto de candidato se regredir nas reformas levadas a cabo” refere Steven Blockmans.

Em novembro passado, a UE decidiu abrir mais um capítulo de negociações, congeladas há três anos, mas os desenvolvimentos na Turquia poderão voltar a esfriar os ânimos entre as partes.