Última hora

Última hora

Radicais do Cáucaso do Norte ameaçam atacar Jogos Olímpicos de Inverno

Em leitura:

Radicais do Cáucaso do Norte ameaçam atacar Jogos Olímpicos de Inverno

Radicais do Cáucaso do Norte ameaçam atacar Jogos Olímpicos de Inverno
Tamanho do texto Aa Aa

Islamitas do Cáucaso reivindicam os atentados em Volvogrado, no sul da Rússia, e prometem atacar os Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi agendados para o próximo mês.

As ameaças foram feitas por dois alegados elementos do movimento islamita radical do Cáucaso do Norte no dia da chegada a Volvogrado da tocha olímpica.

Os homens que surgem num vídeo colocado a circular na internet avisam o chefe de Estado russo e os turistas a quem prometem uma surpresa caso se desloquem a Sochi dentro de três semanas. O objetivo, dizem, é “vingar o sangue dos muçulmanos espalhado pelo mundo.”

A estância balnear do Mar Negro fica situada na extremidade ocidental das montanhas do Cáucaso onde os rebeldes pretendem criar um Estado islâmico.

A segurança dos jogos é uma das maiores preocupações de Moscovo que mobilizou 40 mil agentes para o evento.

No vídeo, os islamitas radicais revelam ainda imagens dos ataques em Volgogrado em dezembro que provocaram 34 mortos e dezenas de feridos.

Nomes como Barack Obama e François Hollande já fizeram saber que vão falhar a cerimónia de abertura.