Última hora

Última hora

Cantora Ruslana liderou protesto ucraniano em Bruxelas

Em leitura:

Cantora Ruslana liderou protesto ucraniano em Bruxelas

Tamanho do texto Aa Aa

A cantora Ruslana, vencedora do Festival Eurovisão da Canção de 2004, liderou a manifestação de ativistas ucranianos que decorreu, esta terça-feira, junto às instituições da União Europeia (UE), em Bruxelas.

Os ativistas pedem sanções contra o regime do Presidente Viktor Ianukovitch, acusado de ter depositado em países da UE “dinheiro oriundo de corrupção, que deve ser imediatamente investigado”, diz Ruslana.

“Esses ativos financeiros devem ser bloqueados e acompanhados por sanções tais como a não concessão de vistos de viagem a estas pessoas. É o que pensam os simples cidadãos ucranianos, que têm sido ignorados durante dois meses e que foram alvo de tortura. As novas leis que estão agora a ser adotadas são, infelizmente, uma página vergonhosa na história da Ucrânia. Temos um ditador no coração da Europa: Ianukovitch”, acrescenta a cantora.

Na semana passada foram aprovadas, em Kiev, leis restritivas do direito de manifestação, para travar os protestos iniciados no final de novembro. Nessa altura, o Presidente recusou assinar um acordo de associação com a UE, em favor da aproximação à Rússia.