Última hora

Última hora

OIT: Haverá 215 milhões de desempregados em 2018

Em leitura:

OIT: Haverá 215 milhões de desempregados em 2018

Tamanho do texto Aa Aa

O pesadelo do desemprego não tem fim à vista.

Em 2013, havia em todo o mundo 202 milhões de desempregados, ou seja, mais cinco milhões do que um ano antes. E a situação deverá a agravar-se, segundo a Organização Internacional do Trabalho.

O organismo evoca em especial a situação dos jovens entre 15 e 24 anos. No ano passado contavam-se já mais de 74 milhões de jovens sem trabalho.

Guy Rider, director geral da OIT, explica que a degradação no mercado do trabalho se deve “ao modesto crescimento da economia mundial”, e o cenário vai prolongar-se. “O desemprego vai continuar a aumentar nos próximos anos, estimando-se que, em 2018, haja 215 milhões de pessoas desempregadas”.

Com base nas previsões da Organização Internacional do Trabalho, até 2018 haverá então mais 13,2 milhões de desempregados. O número de empregos criados por ano será muito inferior ao número de pessoas que entram no mercado do trabalho.

A subida do desemprego foi, sobretudo, forte no Sul e Leste da Ásia, na Europa e na África Subsariana.

Outra das tendência é o aumento do desemprego de longa duração, a tal ponto que, no final do ano passado, havia 30 milhões de pessoas que tinham desistido de procurar trabalho.