Última hora

Última hora

Síria: Confusão diplomática antes da conferência de paz

Em leitura:

Síria: Confusão diplomática antes da conferência de paz

Tamanho do texto Aa Aa

Confusão e pouco otimismo numa conferência de paz em Genebra para um conflito que já fez mais de 130 mil mortos em três anos. Pela primeira vez duas fações da guerra civil síria vão estar frente a frente. O enviado especial da ONU para a Síria já se encontrou com o secretário-geral das Nações Unidas e a chefe da diplomacia da União Europeia.

O Irão foi excluído da conferência. O convite de Ban Ki Moon foi retirado depois de Teerão, aliado do regime sírio, ter negado veemente a promessa à ONU de que aceitaria a condição de apoiar a transição de Bashar al-Assad no poder.

O convite suscitou vivas críticas dos Estados Unidos e da oposição síria. O chefe da diplomacia russa não teve dúvidas em afirmar que se tratou de “um erro, um erro que porém não é uma catástrofe”, salientou.

A confusão também pairou sobre a delegação síria. O avião que a transportava ficou retido no aeroporto de Atenas durante cinco horas. As autoridades gregas recusaram o reabastecimento, pois reclamavam a inspeção da aeronave ao abrigo das sanções que pesam sobre a Síria.

A conferência desenrola-se esta quarta-feira.

Stamatis Giannisis, correspondente da euronews na capital grega, afirma que “apesar da retenção temporária da delegação síria ter sido qualificada como um incidente diplomático menor, não deixa de carregar o simbolismo de todo o tipo de infortúnios que pode acontecer durante a difícil conferência de paz de Genebra”.