Última hora

Última hora

Ucrânia: Legislação controversa sobre manifestações entra em vigor quarta-feira

Em leitura:

Ucrânia: Legislação controversa sobre manifestações entra em vigor quarta-feira

Tamanho do texto Aa Aa

Na Ucrânia, as leis que endurecem as sanções contra os manifestantes foram publicadas esta terça-feira no jornal oficial.

A nova legislação entra em vigor às 00:00 horas de quarta-feira à medida que a tensão vai aumentando, dado que proíbe virtualmente qualquer forma de protesto.

Os manifestantes acampados há dois meses no centro de Kiev e os que ocupam edifícios governamentais incorrem agora em penas até cinco anos de prisão.

“Todas as definições que encontramos neste conjunto de leis são muito imprecisas. O que é o extremismo? O que é atividade política? O que é um agente estrangeiro? Nenhum advogado deste país lhe pode dar uma visão clara destas leis”, disse Roman Romanov da Fundação Internacional Renaissance.

Nos violentos confrontos com a polícia foram detetados indivíduos a quem os manifestantes chamaram provocadores. Os alegados provocadores foram expulsos do acampamento no centro de Kiev e retidos pela “segurança” dos manifestantes.

“Isto é um ultraje para a maior parte da população da Ucrânia. As novas leis colidem com os nossos direitos civis e são antidemocráticas”, afirmou uma cidadã.

“Na Ucrânia a palavra “liberdade” deixou de existir. Foram-nos impostas restrições e isso não toleramos”, disse um jovem.

“Provavelmente o governo irá começar a rever a opção que tomou porque trata-se de um direito, mas com uma forte componente política”, sublinhou Sergio Cantone, da euronews, em Kiev.