Última hora

Última hora

Curitiba em risco de perder o Mundial

Em leitura:

Curitiba em risco de perder o Mundial

Tamanho do texto Aa Aa

Os atrasos nas obras da Arena da Baixada podem custar o status de Curitiba como cidade-sede do mundial. A Fifa tinha avisado que em caso de atrasos, um dos estádios poderia ser eliminado do programa do Mundial. Curitiba, uma das cidades mais organizadas do Brasil, pode ser a sacrificada.

A ameaça veio do secretário-geral da FIFA, Jerome Valcke, que visitou a Arena nesta terça-feira e estabeleceu um novo prazo para a decisão final que será tomada a 18 de fevereiro.

“Temos noção de que o estádio não ficará pronto até essa data. No entanto, queremos ver o progresso dos trabalhos e perceber o impacto da continuidade das obras no estádio”, informou Valcke.

O prazo inicial da Fifa para a entrega dos doze estádios do mundial era até dezembro, mas seis arenas não cumpriram o prazo. A Arena da Baixada atravessa a situação mais critica com 88% das obras concluídas. O primeiro jogo em Curitiba está agendado para o dia 16 de junho, entre Irão e Nigéria.