Última hora

Última hora

Ucrània: Manifestantes e polícia voltam a confrontar-se

Em leitura:

Ucrània: Manifestantes e polícia voltam a confrontar-se

Tamanho do texto Aa Aa

Primeiro os pneus, depois a gasolina, finalmente o fogo.

Na Ucrânia, é assim que se exige a demissão do governo e se contesta o presidente, Viktor Ianukovitch.

Os manifestantes tomaram o centro da cidade e já estão a poucas dezenas de metros da sede do Governo.

As frentes de fogo têm servido de barreira, para os separar da polícia anti-motim que permanece na zona.

Repórteres no local registaram o lançamento de alguns coquetailes de Molotov, por parte dos contestários

A polícia não deu qualquer sinal de pretender atuar, contra os manifestantes, Lançou apenas alguns jatos de água, para tentar apagar o fogo. Os bombeiros colaboraram nesta ação.

Além das cortinas de fogo, as barricadas foram ainda reforçadas com barras de metal.

O som dos tambores é ouvido, praticamente, em toda a zona central de Kiev.

Parece assistir-se agora a um jogo de paciência. Alguém tera de desistir, pelo cansaço.

Está em Kiev? Envie comentários, fotos e vídeos a testemunhar para: witness[at]euronews.com