Última hora

Última hora

Ucrânia: Oposição impõe condições para chefiar o governo

Em leitura:

Ucrânia: Oposição impõe condições para chefiar o governo

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente da Ucrânia ofereceu a chefia do governo à oposição. Os críticos do regime impõem condições para aceitar a missão.

Viktor Ianukovitch recebeu, este sábado, os líderes dos principais partidos da oposição numa reunião que durou cerca de três horas.

O chefe de Estado propôs a Arseni Iatseniuk o cargo de primeiro-ministro. O líder do partido de Iulia Timoshenko já foi ministro da Economia. Para vice-primeiro-ministro, a presidência avançou o nome de Vitali Klitschko, o ex-campeão mundial de boxe que está à frente de outro dos partidos contestatários.

A presidência admite ver os seus poderes reduzidos, mas para aceitar a chefia do governo, a oposição exige a marcação de eleições presidenciais já para este ano, a anulação das leis repressivas aprovadas nos últimos dias e o abandono das acusações contra os que foram presos durante os protestos.