Última hora

Última hora

Egito: Aniversário sangrento

Em leitura:

Egito: Aniversário sangrento

Tamanho do texto Aa Aa

Foi com sangue que se celebrou o terceiro aniversário da queda do antigo ditador, Hosni Mubarack.

Pelo menos 49 mortos, cerca de 250 feridos e mais de mil pessoas detidas, são números avançados pelas autoridades.

As comemorações começaram na Praça de Tharir, que se encheu de uma enorme multidão.

Mas cedo se percebeu que havia gente de diferentes sensibilidades políticas.

Grupos rivais envolveram-se em confrontos, ao mesmo tempo que eram desencadeados dois ataques à bomba, contra as forças de segurança.

A violência alastrou-se a outras regiões do país.

A maior parte dos detidos é conotada com a Irmandade Muçulmana.