Última hora

Última hora

Egito: Marechal prepara assalto à presidência

Em leitura:

Egito: Marechal prepara assalto à presidência

Tamanho do texto Aa Aa

O Conselho Superior das Forças Armadas do Egito deu luz verde à candidatura de Abdel Fattah al-Sissi à presidência do país.

O anúncio foi feito pouco depois de o general ter sido promovido a marechal, a mais alta patente do exército egípcio.

Sissi liderou em julho a deposição de Mohamed Morsi eleito nas primeiras presidenciais livres do país após a queda de Hosni Mubarack, em 2011, e conta, por isso, com o apoio de milhares de egípcios.

Coincidência ou não, o calendário definido para as eleições parecem favorecer o até agora general. Ao contrário do que estava inicialmente previsto, as presidenciais vão realizar-se em meados de abril, ou seja, antes das parlamentares.

O anúncio foi feito pelo presidente interino do Egito, depois dos confrontos registados no terceiro aniversário da revolução que provocaram 49 mortos e mais de 200 feridos.