Última hora

Última hora

Genebra II: Mediador da ONU esperava mais mas mantém confiança

Em leitura:

Genebra II: Mediador da ONU esperava mais mas mantém confiança

Tamanho do texto Aa Aa

O intermediário das Nações Unidas (ONU) para o conflito da Síria não está totalmente satisfeito com o evoluir da cimeira Genebra II.

Numa conferência de imprensa realizada esta segunda-feira à tarde, Lakhdar Brahimi lamentou a interrupção desta manhã daquela que seria a primeira reunião para tratar de temas políticos entre as duas partes, mas referiu que nem tudo está a ser negativo em Genebra.

“Pelo que se percebeu, a vontade de prosseguir as negociações existe. Mas, uma vez mais, digo: nunca esperámos qualquer milagre. Daqui não vão sair milagres. Vamos continuar a falar e logo se vê…”, disse Lakhdar Brahimi.

Depois de ter estado reunido em separado com ambos os lados após a interrupção da reunião pela manhã e de já o ter solicitado certamente em privado, o mediador da ONU aproveitou para pedir também publicamente às partes para respeitarem a confidencialidade das reuniões que compõem esta segunda cimeira de paz em Genebra e apelou a que sejam refreados os ânimos nas declarações públicas.

Sobre a ajuda humanitária, que terá sido discutida à mesma mesa durante em fim de semana, Brahimi mostrou-se satisfeito com o progresso, em especial com a abertura do governo de Damasco para encontrar uma solução que permita a mulheres e crianças que abandonem as cidades mais afetadas pelo conflito, nomeadamente Ohms, mas, salvaguardou, nada está ainda decidido. Até porque “ é uma situação que envolve alguns perigos como a existência de ‘snipers’ (tr: atiradores furtivos).”

Lakhdar Brahimi não o confirmou na conferência de imprensa, mas é possível que volte a encontrar-se em separado durante a noite com ambas as delegações sírias com o objetivo de melhor preparar o frente-a-frente previsto para esta terça-feira, no reatar das negociações de paz para a Síria.