Última hora

Última hora

Haia soluciona a "guerra" da anchova entre o Peru e o Chile

Em leitura:

Haia soluciona a "guerra" da anchova entre o Peru e o Chile

Tamanho do texto Aa Aa

A “guerra” da anchova entre o Peru e o Chile terminou com um veredicto salomónico do Tribunal Penal Internacional. O tribunal de Haia “dividiu o mal pelas aldeias” e os dois países ficam com direitos sobre a área rica em peixe que disputavam há mais de 130 anos.

O Peru reclamava cerca de 38 mil quilómetros quadrados do Oceano Pacífico administrados pelo Chile. A Justiça internacional concedeu a Lima mais de metade do triângulo que exigia, deixando o quadrilátero restante nas mãos de Santiago do Chile.

Termina assim uma quezília centenária, que remonta aos anos 80 do século XIX, durante a Guerra do Pacífico, que opôs o Chile às forças conjuntas do Peru e da Bolívia, também conhecida como a Guerra do Guano e Salitre.

Haia obrigou os litigantes a assinar um pré-acordo em como respeitariam a decisão, mas mesmo assim ambas as partes ficaram com espinhas na garganta com a solução encontrada para uma área que vale cerca de 200 milhões de dólares (145 milhões de euros) anuais em recursos marinhos.