Última hora

Última hora

Tunísia aprova nova Constituição

Em leitura:

Tunísia aprova nova Constituição

Tamanho do texto Aa Aa

A Tunísia aprovou, este domingo, a nova Constituição do país, três anos depois da revolução que deu início à “Primavera Árabe”.

A Assembleia Constituinte aprovou por uma maioria esmagadora de 200 votos a favor, 12 contra e 4 abstenções a nova lei fundamental, numa sessão extraordinária, transmitida em direto pela televisão do país.

O novo texto fundamental regula o lugar do islão, os direitos das mulheres, a independência da magistratura ou as prerrogativas do parlamento, presidente e primeiro-ministro.

O líder do partido islamita Ennahda, Rached Ghannouchi, não escondeu a satisfação, afirmando que os tunisinos “conseguiram “fazer uma revolução pacífica que iluminou o mundo”, que conseguiram chegar a um consenso evitando, por isso, uma “guerra civil.”

O executivo suprapartidário, encabeçado pelo antigo ministro da Indústria, Mehdi Jomaa, foi apresentado ao Presidente, Moncef Marzuki. Prevê-se que o chefe de Estado legitime, nos próximos dias o novo executivo e a nova Constituição da Tunísia.