Última hora

Última hora

"Ainda estou vivo": uma app aplicada no Líbano

Em leitura:

"Ainda estou vivo": uma app aplicada no Líbano

Tamanho do texto Aa Aa

“ I am still alive!” converteu-se num fenómeno no twitter. Esta aplicação, desenvolvida por uma libanesa a fazer um mestrado em Paris, permite avisar a família e os amigos que ainda se está vivo. Basta um clique. Sandra Hassan resoveu criá-la depois do último ataque no sul de Beirute. A ideia é que esta tecnologia venha responder, de forma imediata, ao pânico gerado depois de cada ataque. Muitas pessoas tentam ligar à família e aos entes queridos para saber se está tudo bem, o que provoca o colapso das linhas telefónicas.

Segundo a autora: “A aplicação não é específica para bombas ou ataques, mas pode ser usada em qualquer situação de crise ou de emergência civil.” Também já está a trabalhar nas atualizações para a tornar independente das redes sociais, mas mantendo o twitter e o facebook como opções para o utilizador. Em tempos de guerra a tecnologia “ainda está viva!”