Última hora

Última hora

Síria: Enviado da ONU não espera resultado "substantivo" das negociações de Genebra

Em leitura:

Síria: Enviado da ONU não espera resultado "substantivo" das negociações de Genebra

Tamanho do texto Aa Aa

As negociações, em Genebra, entre o governo sírio e a oposição avançam, mas muito lentamente…

Ao quinto dia, as duas fações concordaram que a declaração de Genebra servirá de base ao diálogo, mas têm interpretações diferentes sobre o que isso significa.

Os progressos são mínimos e todos os esforços são, de acordo com o enviado especial das Nações Unidas, para garantir que ninguém bate com a porta.

“Não estou à espera de conseguir alguma coisa substantiva. Estou muito feliz por continuarmos a conversar, que o gelo esteja a quebrar, embora muito lentamente. Espero que a segunda sessão seja mais estruturada e produtiva”, espera Lakhdar Brahimi

O porta-voz da Coligação Nacional Síria, afirmou que as conversações deram um “passo em frente positivo” mas é necessário que se chegue a um consenso em breve.

‘‘Estamos comprometidos com o processo de encontrar uma solução política, para terminar com o sofrimento na Síria mas temos de encontrar um ponto final. Com certeza que não vamos ficar aqui meses e meses, a falar, sem que haja progressos. Tem de haver progressos”, exige Louay al-Safi.

Os representantes do regime de Bashar al-Assad confirmaram que estão abertos ao diálogo com a oposição e que este se deve basear no plano internacional que prevê a criação de um governo interino “formado por mútuo consenso”, de modo a colocar fim à guerra.

A primeira ronda de conversações, em Genebra, termina sexta-feira.