Última hora

Última hora

Itália: Polícia confisca passaporte de Raffaele Sollecito

Em leitura:

Itália: Polícia confisca passaporte de Raffaele Sollecito

Tamanho do texto Aa Aa

Polícia italiana confisca passaporte de Raffaele Sollecito, o jovem condenado pelo assassinato de Meredith Kercher, a menos de 10 quilómetros da fronteira com a Áustria.

O Tribunal de Apelação de Florença condenou o jovem a 25 anos de prisão e tinha ordenado a apreensão do passaporte por haver risco de fuga para o estrangeiro.

A instância judicial condenou ainda Amanda Knox, a americana, ex-namorada de Sollecito, a 28 anos e seis meses de prisão, anulando o apelo do casal, que lhes devolveu a liberdade, após quatro anos de prisão.

“Seja qual for a decisão, confirmada ou não, nada trará Meredith de volta, nada acabará com o horror que ela viveu. O melhor que podemos esperar é que haja uma conclusão e uma condenação para que toda a gente possa seguir em frente”, desabafa o irmão de Meredith Kercher.

De acordo com a sentença, e até à sua confirmação pela mais alta instância judicial do país, Sollecito pode mover-se livremente em Itália.

Amanda Knox está nos Estados Unidos e a possibilidade de extradição, neste momento do processo, é diminuta.