Última hora

Última hora

Munique: Governantes e opositores ucranianos face a face

Em leitura:

Munique: Governantes e opositores ucranianos face a face

Tamanho do texto Aa Aa

Na 50ª Conferência de Segurança de Munique os representantes da oposição e do governo ucraniano estiveram finalmente face a face.

Vitaly Klitschko aproveitou a oportunidade para mostrar fotos da brutalidade da polícia ao ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Leonid Kozhara.

“Você está com os extremistas que têm na roupa logótipos e emblemas parecidos com os dos nazis? Está do lado deles? Está com os extremistas que atacam a polícia com cocktails Molotov?”, questionou Kozhara.

No exterior, cidadãos ucranianos manifestavam o seu apoio aos opositores de Viktor Yanukovitch. Chega de crimes, chega de corrupção, chega de esperar por um futuro melhor. Somos bastante pacientes, mas não podemos esperar mais”, disse Vitaly Klitschko.

Os Estados Unidos já preconizaram a hipótese de sanções contra a Ucrânia. O senador republicano John McCain, que integra a delegação americana, confirmou a ideia:

“Creio que será provavelmente a forma mais efetiva de evitar parte da violência atualmente verificada. O Congresso está a preparar sanções, a Administração também, e iremos trabalhar com a Administração”, afirmou o senador. Entretanto, Frank-Walter Steinmeier, ministro alemão dos Negócios Estrangeiros, fez saber que conseguiu o acordo do seu homólogo ucraniano para que Dmytro Bulatov possa ser tratado na Alemanha.