Última hora

Última hora

Hungria: Assalto à estátua de liberdade

Em leitura:

Hungria: Assalto à estátua de liberdade

Tamanho do texto Aa Aa

Os ativistas de Greenpeace tomaram de assalto a estátua da liberdade em Budapeste.

Em causa o acordo nuclear assinado pelo governo conservador húngaro com a Rússia que prevê um empréstimo de cerca de 10 mil milhões de euros com um prazo de pagamento a 30 anos.

Os ativistas tentam, desta forma, sensibilizar os deputados e evitar, no Parlamento, a aprovação do que dizem ser um péssimo negócio para a Hungria,

Brigitta Bozsó, ativista da Greenpeace diz que o acordo não traz qualquer vantagem. Representa, sim, um mega-investimento que vai ser pago pela população.

O empréstimo destina-se à construção de dois novos reatores na central de Paks situada a uma centena de quilómetros da capital.

O primeiro-ministro húngaro supreendeu tudo e todos ao assinar o acordo sem receber luz verde do Parlamento e está, por isso, a ser fortemente criticado.

Euronews: “Os ativistas da Greenpeace manifestam-se contra a expansão da central nuclear, numa altura em que o Parlamento começa a debater o projeto.”