Última hora

Última hora

Hungria: Oposição reclama referendo sobre acordo com Rússia

Em leitura:

Hungria: Oposição reclama referendo sobre acordo com Rússia

Tamanho do texto Aa Aa

A oposição húngara saiu às ruas no domingo para protestar contra a expansão da central nuclear de Paks. A oposição, reunida sob o nome de Összefogás, ou Colaboração, pretende levar a referendo o acordo assinado entre o governo e a Rússia a 14 de janeiro.

A manifestação, em Budapeste, reuniu cerca de um milhar de pessoas.

A lei sobre a expansão da central nuclear será discutida e votada no parlamento dentro de duas semanas.

“É importante perceber o que vai acontecer em Paks. É importante saber se queremos energia nuclear ou não. Isto diz respeito a todos por isso há que decidir em conjunto”, afirmou uma participante na manifestação.

Para outro manifestante, “um enorme acordo como este que envolve tanto dinheiro e uma enorme dívida não pode ser assinado em segredo sem o consentimento dos húngaros”.

O projeto de expansão está orçamentado em cerca de 10 mil milhões de euros, valor que a Rússia disponibiliza em forma de empréstimo com prazo de trinta anos e que cobre cerca de 80% dos custos.

A repórter euronews em Budapeste, Andrea Hajagos, adianta:

“Alguns políticos da oposição já falavam na expansão da central de Paks quando ocupavam cargos no governo. Para eles não é o investimento que está em causa mas sim o método usado pelo presidente Viktor Orbán”.