Última hora

Última hora

Tunísia: morto presumível assassino de Belaid

Em leitura:

Tunísia: morto presumível assassino de Belaid

Tamanho do texto Aa Aa

Foi morto o presumível assassino do ativista, Chokri Belaid, durante numa operação antiterrorista na Tunísia.

O anúncio foi feito pelo ministro do Interior, a dois dias de se completar um ano sobre a morte do advogado e líder da oposição.

Durante a operação que decorreu num bairro do norte da capital terão sido mortos sete, alegados, terroristas e um polícia.

Recentemente empossado, o novo governo tunisino multiplicou as operações policiais e militares na tentativa de conter a violência semeada por grupos islamitas.

A morte de Belaid de 48 anos, em fevereiro de 2013, chocou a Tunísia. O ativista foi morto a tiro à porta de casa. O crime atribuído pelas autoridades ao grupo radical Ansar Asharia mergulhou o país numa grave crise política.