Última hora

Última hora

Greve do metro dificulta a vida aos londrinos

Em leitura:

Greve do metro dificulta a vida aos londrinos

Tamanho do texto Aa Aa

A greve no metro, esta quarta-feira, está a criar o caos na cidade de Londres.

A grande maioria das linhas de metro está encerrada. Milhões de utilizadores tiveram que encontrar formas alternativas de chegar ao trabalho.

Os trabalhadores do metro denunciam, desta forma, o plano de modernização dos serviços, que levará à supressão de alguns postos de trabalho.

Os utentes fazem o que podem:
“É uma chatice, mas é justo, eles têm que defender os seus direitos”.

“Todas as companhias têm que se modernizar, todas as infraestruras do mundo têm que evoluir. Não se pode ficar parado no tempo. Se a venda dos bilhetes vai passar a ser automática, não se pode resistir e impedir que isso aconteça”.

“The Tube” é o mais antigo sistema de comboio subterrâneo do mundo. É utilizado por três milhões de passageiros por dia.

A companhia iniciou um plano de modernização, nomeadamente na venda de bilhetes. Os trabalhadores prometem continuar a lutar. Esta greve dura 48 horas e está prevista outra para os dias 12 e 13 de fevereiro.