Última hora

Última hora

Nova tragédia no Mediterrâneo

Em leitura:

Nova tragédia no Mediterrâneo

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades marroquinas confirmaram a morte de pelo menos sete pessoas que teriam morrido afogadas ao tentarem chegar a nado ao enclave de Ceuta na costa marroquina.

De acordo com as autoridades, as vítimas faziam parte de um grupo de cerca de 200 imigrantes ilegais que se lançaram às águas durante a noite.

A polícia marítima marroquina conseguiu deter cerca de 150 pessoas. Treze imigrantes foram resgatados das águas com vida.

As equipas de socorro marroquinas continuam a patrulhar as águas.

  • Lampedusa

    Photos: Marina Militare

Drama idêntico ao largo da Sicília.

A marinha italiana anunciou o resgate de mais de mil e cem imigrantes ilegais que seguiam a bordo de duas embarcações com destino à Europa.

As embarcações foram detetadas na noite de quarta-feira.

De recordar que em outubro passado, 366 imigrantes provenientes da Eritreia morreram afogados ao largo da ilha italiana de Lampedusa.

Em 2013, as chegadas de imigrantes ilegais à Europa por via marítima triplicaram relativamente a 2012 devido aos conflitos na Síria e na região do Corno de África.