Última hora

Última hora

RoboCop do brasileiro José Padilha estreia a 13 de fevereiro

Em leitura:

RoboCop do brasileiro José Padilha estreia a 13 de fevereiro

Tamanho do texto Aa Aa

O clássico de ficção científica “RoboCop” chega ao cinema pela mãos do realizador brasileiro José Padilha.

A obra é um remake do filme realizado em 1987 por Paul Verhoeven.

A ação passa-se em 2029. Uma multinacional da robótica produz drones que ganham guerras em todo o mundo. A empresa quer usá-los para combater o crime a nível interno. O agente Alex Murphy torna-se o primeiro polícia ciborgue.

A estreia mundial de Robocop decorreu em Londres.

“Se olharmos para a forma como a sociedade mudou e como a tecnologia evoluiu, podemos constatar que de repente muitas das fantasias presentes no ‘RoboCop’ original se tornaram realidade. Nós, enquanto sociedade vamos ter de tomar uma decisão sobre a forma como queremos lidar com a nova tecnologia e nas consequências que terá na sociedade”, referiu o ator Joel Kinnaman.

“O que antes era ficção, agora é real. Temos guerras com drones e em breve teremos a capacidade de substituir soldados por robôs. Se pensarmos que os Estados Unidos decidiram sair do Iraque porque morriam muitos soldados norte-americanos, imagine agora que os soldados são substituídos por robôs, o que acontecerá? Eu são sei mas é essa o tema do filme”, referiu o realizador José Padilha.

O filme chega às salas de cinema portuguesas a 13 de fevereiro.