Última hora

Última hora

Gravação de conversa telefónica embaraça política diplomática norte americana

Em leitura:

Gravação de conversa telefónica embaraça política diplomática norte americana

Tamanho do texto Aa Aa

A gravação de uma conversa telefónica entre a subsecretária do Estado para a Europa, Victoria Nuland, e o embaixador dos Estados Unidos em Kiev, Geoffrey Pyatt, publicada na terça-feira no Youtube, revela uma clara mudança na estratégia de Washington para a transição política da Ucrânia e um rude golpe na União Europeia.

Nuland encontrou-se separadamente esta quinta-feira com o Presidente Yanukovitch e com os principais líderes da oposição.

Na conversa, Nuland refere-se a um eventual envolvimento das Nações Unidas na resolução política da crise ucraniana.

Victoria Nuland: “…Acho que seria ótimo ajudar a colar esta ideia e ter a ajuda da ONU. Que se f*** a União Europeia.”

Geoffrey Pyatt: “Exatamente. Acho que temos de fazer alguma coisa para que isso não caia, porque pode ter a certeza de que se começar a ganhar altitude, os russos estarão pela calada a tentar torpedear.”

A origem da gravação é desconhecida, bem como a identidade de quem a publicou.

Fontes oficiais norte-americanas declinaram confirmar o conteúdo da gravação, mas não puseram em causa a sua autenticidade.

“Trabalhamos muitíssimo de perto com a União Europeia e os seus representantes. A subsecretária de Estado Nuland faz o mesmo no que concerne à Ucrânia. Ela contactou com Ashton, a representante da União Europeia, e os seus homólogos e sublinho que obviamente pediu desculpa”, disse a porta-voz do Departamento de Estado, Jen Psaki.

A Euronews contactou o gabinete de Catherine Ashton que afirmou não comentar “alegadas fugas de conversas diplomáticas privadas”.