Última hora

Última hora

Bósnia: Indignação em Sarajevo

Em leitura:

Bósnia: Indignação em Sarajevo

Tamanho do texto Aa Aa

Alguns cidadãos de Sarajevo concentraram-se junto ao local onde a fúria popular deixou a sua marca nos protestos dos últimos três dias. Os manifestantes incendiaram uma secção do edifício da presidência e do governo local.

Entre os residentes mais velhos, há quem deplore o que o que aconteceu.

“Salvei este edifício da destruição num fogo em 1992 quando era presidente do conselho executivo do centro de Sarajevo. Quando os Sérvios atacaram este prédio, eu era uma das poucas pessoas que estavam a apagar o fogo. Agora estamos numa situação em que as nossas crianças, que cresceram na Bósnia, estão a querer incendiá-lo”, diz um homem.

Uma mulher diz que “foi de propósito. Como foi possível isto acontecer ao mesmo tempo em Sarajevo, Mostar Tuzla, as mesmas instituições foram incendiadas. Alguma coisa está errada aqui”.

Outra residente acrescenta que sente “pena dos estragos, mas quando alguém se cansa de falar e o outro não liga, então esta era de facto a única maneira de mostrar que as pessoas não estão satisfeitas”.

Os protestos já causaram demissões nalguns governos locais.