Última hora

Última hora

Bósnia Herzegovina: Novo protesto em Sarajevo

Em leitura:

Bósnia Herzegovina: Novo protesto em Sarajevo

Tamanho do texto Aa Aa

Depois dos violentos protestos, na semana passada, em várias cidades da Bósnia-Herzegovina, Sarajevo volta a ser palco da contestação popular. Muitos exigem eleições antecipadas.

Desta vez, o protesto foi pacífico, não houve carros e edifícios públicos incendiados.

Está latente o descontentamento pelo agravar das condições de vida, pelo aumento do desemprego e pelo imobilismo político.

“É difícil prever como a situação vai evoluir porque é inédita. É a primeira vez que a Bósnia Herzegovina tem este género de sublevação social. Acho que vai depender essencialmente da forma como os políticos locais vão atuar e também da reação da comunidade internacional”, diz Sreko Latal, analista político local.

Sob pressão das ruas, os chefes de quatro administrações regionais apresentaram a demissão.

Os acordos de paz de Dayton instituíram um sistema político tripartido que torna difíceis e demoradas as decisões.

A guerra da Bósnia entre 1992 e 1995 provocou mais de 100 mil mortos.