Última hora

Última hora

Empresas aeronáuticas preparam-se para o Singapura Airshow

Em leitura:

Empresas aeronáuticas preparam-se para o Singapura Airshow

Tamanho do texto Aa Aa

As companhias aeronáuticas vão realizar negócios de milhares de milhões de dólares no Singapura Airshow, que começa na próxima semana.

A alguns dias do evento, a Boeing prevê que quase metade do crescimento do tráfego aéreo mundial seja impulsionado pela região Ásia-Pacífico nas próximas décadas.

“Nos próximos 20 anos, o mercado Ásia-Pacífico vai ser o maior mercado do mundo. Esperamos que o tráfego de passageiros cresça cerca de 6,3% por ano e o de carga 5,8%. E como resultado deste crescimento haverá uma procura de cerca de 13 mil aviões na região Ásia-Pacífico”, sublinhou o vice-presidente de marketing do setor de aviação comercial da Boeing, Randy Tinseth.

Depois do recorde de 146 mil milhões de euros de vendas no Dubai Airshow, realizado em dezembro, é pouco provável que os compradores asiáticos realizem tantas encomendas.

Companhias vietnamitas, indianas e tailandesas devem encomendar cerca de cem aviões da Airbus ou Boeing num valor equivalente a quase 9 mil milhões de euros.